Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

domingo, 29 de abril de 2007

E o RA, quem diria, emplacou mais um



Pitaco do próprio: Nesta data festiva, o Resende Agora agradece, do fundo do coração, a todos os funcionários, colaboradores, fornecedores e, principalmente, aos incontáveis visitantes que prestigiam diariamente este modesto (porém limpinho) espaço virtual. Com o apoio de todos vocês, temos a certeza de que continuaremos evoluindo, ano a ano, sem jamais nos desviarmos do objetivo primordial da empresa, que é "servir bem para servir sempre". Muito obrigado!

Share

Mistério no caso da nova fábrica da Votorantim





Desde o início do mês de março fala-se na possibilidade da instalação de uma nova fábrica do Grupo Votorantim em Resende, que geraria investimentos de cerca de R$ 1 bilhão e 450 empregos diretos. Já em clima de comemoração, a prefeitura espalhou outdoors pela cidade, vinculando o pagamento do IPTU 2007 à chegada da Votorantim, uma associação de idéias no mínimo curiosa. Além disso, carimbou nos painéis a data do início das obras: agosto de 2007.

Hoje, no suplemento Vale do Paraíba, do jornal O Globo, uma matéria com o título "Mais de R$ 1 bilhão para Resende" traz declarações do prefeito Sílvio de Carvalho afirmando que as obras da nova fábrica começam, na verdade, ano que vem, depois de superada a "fase de licenciamento ambiental".

Muito bem. Também hoje, o site do jornal Valor Econômico publica com destaque a seguinte notícia:

"O grupo Votorantim vai anunciar nos próximos dias o investimento de R$ 1 bilhão em nova siderúrgica no Estado do Rio. 'O projeto já está aprovado pelo conselho. Só falta definir o município em que ficará a fábrica', disse ao Valor Carlos Ermírio de Moraes, presidente do conselho da Votorantim Participações, holding que cuida da estratégia do grupo. A siderúrgica será montada em dois módulos, de 500 mil toneladas cada um."

Pergunta do RA: Se já foi acertada a construção da nova fábrica em Resende - como afirma o prefeito Sílvio de Carvalho -, o que impediria o presidente do conselho da Votorantim Participações de dizer ao jornal Valor Econômico o nome do município escolhido? Será que o certo não é assim tão certo, será que o valoroso jornal omitiu essa informação ou será que é apenas suspense? Respostas no próximo capítulo ou a qualquer momento em edição extraordinária.

Share

sábado, 28 de abril de 2007

Prata da casa


A excelente equipe de jornalismo da TV Rio Sul, em Resende

(Tela "Rostos", da artista plástica Ana de Negris)

Share

Rifa no Resende Shopping

Share

quinta-feira, 26 de abril de 2007

Laços de família


Parabéns pra você...


nesta data querida!

Share

Imagens de quinta


Custou mas demorou!


Comprando presente pro filhão aniversariante

Share

quarta-feira, 25 de abril de 2007

Começa a temporada de nevoeiros matinais


Resende hoje às 7 horas da manhã

Share

Enquanto isso, em Brasília...




Charge do Angeli

Share

O ministério 'coração de mãe' do Lula

Com a nomeação do ex-inimigo Mangabeira Unger, Lula completa uma lista de 37 ministérios neste seu segundo mandato. Confira abaixo, todos - por enquanto! - os ministros do Lula:

1. Casa Civil - Dilma Rousseff (PT)

2. Secretaria Geral - Luiz Dulci (PT)

3. Secretaria de Relações Institucionais e CDES - Walfrido dos Mares Guia (PTB)

4. Advocacia-Geral da União - José Antônio Dias Toffoli

5. Controladoria Geral da União - Jorge Hage

6. Gabinete de Segurança Institucional - Jorge Félix

7. Justiça - Tarso Genro (PT)

8. Transportes - Alfredo Nascimento (PR)

9. Comunicações - Hélio Costa (PMDB)

10. Fazenda - Guido Mantega (PT)

11. Educação - Fernando Haddad (PT)

12. Desenvolvimento Social - Patrus Ananias (PT)

13. Defesa - Waldir Pires (PT)

14. Turismo - Marta Suplicy (PT)

15. Desenvolvimento - Miguel Jorge

16. Minas e Energia - Silas Rondeau (PMDB)

17. Cidades - Márcio Fortes (PP)

18. Integração Nacional - Geddel Vieira Lima (PMDB)

19. Planejamento - Paulo Bernardo (PT)

20. Previdência - Carlos Lupi (PDT)

21. Cultura - Gilberto Gil (PV)

22. Agricultura - Reinhold Stephanes (PMDB)

23. Saúde - José Gomes Temporão (PMDB)

24. Trabalho - Luiz Marinho (PT)

25. Ciência e Tecnologia - Sérgio Rezende (PSB)

26. Desenvolvimento Agrário - Guilherme Cassel (PT)

27. Esporte - Orlando Silva (PCdoB)

28. Meio Ambiente - Marina Silva (PT)

29. Relações Exteriores - Celso Amorin

30. Direitos Humanos - Paulo Vannucci (PT)

31. Mulheres - Nilcéia Freire (PT)

32. Igualdade Racial - Matilde Ribeiro (PT)

33. Pesca - Altemir Gregolin (PT)

34. Banco Central - Henrique Meirelles

35. Comunicação Social - Franklin Martins

36. Portos - Pedro Brito (PSB)

37. Ações de Longo Prazo - Mangabeira Unger (PRB)

Pitaco do RA: Ontem no Casseta e Planeta, uma piada ótima: Lula estaria - a exemplo de Romário e seu milésimo gol - empenhado em nomear, até o final do seu governo, o ministro de número 1.000! E pensar que este é aquele Lula que, anos atrás, prometia, se eleito fosse, acabar com o fisiologismo, enxugar a máquina administrativa, combater as maracutaias do legislativo, do executivo e do judiciário, prender os 300 picaretas do congresso etc, etc, etc, etc, etc... Grande Lula!! Grande povo brasileiro que o reelegeu depois de tudo!!!

Share

domingo, 22 de abril de 2007

'Furacão' atinge Resende

Noel de Carvalho coloca cargo à disposição

Do UOL Notícias (enviado por JEO Bruno)

O secretário de Estado da Habitação, Noel de Carvalho, colocou o cargo à disposição do governador Sérgio Cabral Filho (PMDB), depois que um assessor foi acusado de receber dinheiro do bicho durante a campanha eleitoral. Segundo gravações da Polícia Federal (PF), o assessor de Carvalho receberia um "negócio" do contraventor e dono de bingo Júlio Guimarães Sobreira, sobrinho do bicheiro Aílton Guimarães Jorge, o Capitão Guimarães. Sobreira e Guimarães, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa), são dois dos 25 presos na Operação Hurricane.

Em um dos diálogos "grampeados" pela PF, o policial Marco Antônio dos Santos Bretas, o Marcão, também preso, supostamente marca encontro com um assessor de Carvalho identificado como Sérgio, na entrada da Assembléia Legislativa, para "entregar aquele negócio que o Júlio Guimarães mandou". Na conversa, Sérgio diz que vai telefonar para o deputado e retornar para Marcão quando tiver uma posição. O assessor, que estava em uma delegacia na Gávea, zona sul da cidade, termina a conversa dizendo que vai encontrar o policial na Assembléia Legislativa (Alerj), no centro.

Dois Sérgios trabalharam na campanha de Carvalho: Sérgio Iório e Sérgio Lopes, que morreu no ano passado. O secretário afirmou ontem que "vai ser uma surpresa muito triste" eventualmente descobrir que um dos dois recebeu dinheiro do bicho. Carvalho disse que procurou o secretário de Estado de Governo, Wilson Carlos Carvalho, e colocou o cargo à disposição do governador "para isso não respingar em ninguém".

Bingo Resende fecha as portas

Da redação do RA

Desde terça-feira passada (17/04), encontra-se fechado o Bingo Resende, que funcionava há mais de 10 anos nas dependências do Rodoshopping Graal. Além dos funcionários que perderam o emprego, muita gente boa - da cidade e da região - anda procurando uma nova forma de passar o tempo.

Share

Vícios, lixos e ilusões

Crônica de Nelson Motta (via e-mail)

Domingo passado, numa loja de sucos de Ipanema, encontrei o deputado Fernando Gabeira, chegando de bicicleta:

- Meu deputado! Quantos eleitores podem dizer isso alto, no meio da rua e com orgulho?

Ele completou, rindo:

- E quantos deputados podem sair na rua?

Apenas uma alegre cena carioca, mas com final melancólico: eleitor e deputado se despediram unidos na certeza de que seus esforços, intenções e gestos, são inúteis diante da maioria absoluta dos atuais parlamentares e da nova classe que está no poder.

Todos os dias percorro diversas vezes os blogs políticos. Cada vez fico mais nauseado, mas volto sempre. São como doses de veneno que não consigo recusar, como uma droga pesada que nos revela a inutilidade de nossa indignação diante de tanta burrice e torpeza. Nós somos cada vez mais irrelevantes para eles.

Esses colunistas políticos, que alimentam meu vício por lixo, mereciam receber um adicional de insalubridade. Pela convivência diária com essa alta ralé que está dando as cartas e cantando o jogo. São overdoses de bandalheiras, cinismo e mentiras que são denunciadas, escondidas e comentadas, mas logo esquecidas. Preciso me livrar dessa droga malhada, como dizia Cazuza.

Pode até não parecer, mas gasto muito tempo e esforço para produzir uma simples crônica para este pequeno espaço, na ilusão de contribuir de alguma forma, mas é em vão, ou quase. Diante dessa sensação de tempo perdido, me abrigo em Albert Camus:

Sísifo foi condenado pelos deuses a empurrar uma grande pedra até o alto da montanha e, assim que chegava ao topo, ela rolava montanha abaixo, e ele começava tudo de novo, todos os dias, eternamente. Para Camus, era possível imaginar Sísifo feliz. Mas não no Brasil.

Share

Marina Colasanti em Resende

Share

Só para registrar

Hoje comemora-se o Descobrimento do Brasil (507 anos) e o Dia da Terra (alguns bilhões de anos). Em ambos os casos, o que temos mesmo a comemorar? Cartas para a redação.

Share

O novo ministro do Lula

Do UOL Notícias

O professor de Direito da Universidade de Harvard, Roberto Mangabeira Unger, aceitou sexta-feira passada convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para assumir um cargo com status de ministro no governo.

Quem é Mangabeira Unger

Monica Bergamo, na Folha Online

Roberto Mangabeira Unger, mais novo ministro de Lula, é uma espécie de "mentor" do banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, que o considera gênio e o "carrega" para todos os lados: Mangabeira foi consultor do Citibank quando Dantas era de lá; consultor da Brasil Telecom quando o banqueiro dava as cartas na tele; hoje, é consultor da Santos Brasil, empresa de portos controlada pelo Opportunity, e consultor do próprio banco. Quando era da Br Telecom, Mangabeira chegou a ganhar US$ 2 milhões por seus trabalhos.

O que Mangabeira Unger já disse sobre Lula

Do Blog do Reinaldo Azevedo

Em julho de 2005, o então deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) detonou o escândalo do mensalão que ameaçou remeter o governo Lula para o lixo da História. Em novembro daquele ano, a popularidade do governo estava ladeira abaixo. Foi no dia 15 de novembro, em artigo publicado na Folha de S. Paulo, que o o filósofo Mangabeira Unger, convidado por Lula para ser ministro da futura Secretaria Especial de Ações de Longo Prazo, escreveu o que segue abaixo:

Afirmo que o governo Lula fraudou a vontade dos brasileiros ao radicalizar o projeto que foi eleito para substituir, ameaçando a democracia com o veneno do cinismo. Ao transformar o Brasil no país continental em desenvolvimento que menos cresce, esse projeto impôs mediocridade aos que querem pujança. Afirmo que o presidente, avesso ao trabalho e ao estudo, desatento aos negócios do Estado, fugidio de tudo o que lhe traga dificuldade ou dissabor e orgulhoso de sua própria ignorância, mostrou-se inapto para o cargo sagrado que o povo brasileiro lhe confiou.

Afirmo que a oposição praticada pelo PSDB é impostura. Acumpliciados nos mesmos crimes e aderentes ao mesmo projeto, o PT e o PSDB são hoje as duas cabeças do mesmo monstro que sufoca o Brasil. As duas cabeças precisam ser esmagadas juntas.

Pitaco do RA: ????????????????

Share

quarta-feira, 18 de abril de 2007

O que aconteceu ontem no Rio

Durante a madrugada de segunda para terça-feira, o morro da Mineira, controlado pela facção ADA, foi invadido pela facção Comando Vermelho (vinda do morro do Alemão) e aliados, vindos das comunidades do Jacaré e da Mangueira. O objetivo dos invasores era o de retomar o controle das bocas de fumo do morro da Mineira.

Os traficantes do morro de São Carlos (ADA) e da Mineira contra-atacaram. Nesse confronto, morreram alguns marginais. Depois disso, a PM (Bope, 1º BPM e Choque) foi acionada por volta das 7 horas. Nesse novo confronto, morreram mais alguns bandidos. Deram entrada no Hospital Souza Aguiar 13 traficantes mortos.

Enviado pelo Ex-Blog do Cesar Maia e editado pelo RA.

Share

O horror em pessoa







Do UOL Últimas Notícias

Depois de matar suas duas primeiras vítimas, e antes da morte das outras 30, o estudante Cho Seung-Hui enviou um pacote para a emissora de TV americana NBC. Nele, havia vários documentos, entre textos, fotos e vídeos, em que Cho dizia que "isso não precisava ter acontecido". As informações, assim como parte do material, foram divulgadas pelo site de notícias da emissora, o MSNBC.

Share

terça-feira, 17 de abril de 2007

Universitário mata 32 colegas nos EUA

Mais uma tragédia americana








(Fotos da Associated Press publicadas no New York Times)












Pitaco do RA: ???????????????

Share

Aumento dos casos de dengue em Resende

Por iniciativa do vereador Fernando Menandro, haverá hoje, às 19:30 horas, uma audiência pública no auditório da Câmara Municipal - com a presença do Secretário de Saúde do município, dos Diretores de Saúde, de Epidemiologia, de Vigilância Sanitária e do Centro de Controle de Zoonoses - para prestar esclarecimentos sobre a real situação da dengue em Resende:

- Quantos casos confirmados e quantos casos suspeitos;

- Bairros com maiores incidências;

- Ações preventivas que foram realizadas;

- Atitudes efetivas que vêm sendo tomadas;

- Volume de recursos aplicados na prevenção e no combate ao mosquito transmissor;

- Recursos humanos e materiais disponibilizados para o trabalho;

- Principais dificuldades encontradas.

Pitaco do RA: Todos ao auditório da Câmara hoje às 19:30 horas! Quanto mais gente enganjada na batalha contra o mosquito assassino, maior a chance de vitória. O que nós aqui do RA sabemos a respeito é que, semana passada, uma aluna do Colégio Oliveira Botelho, de 16 anos, morreu vítima da dengue hemorrágica. Que essa tragédia sirva de alerta à população que, mesmo depois de anos e anos de campanha televisiva, ainda não aprendeu a evitar a proliferação do famigerado Aedes Aegypti.

Share

segunda-feira, 16 de abril de 2007

Banda Sinfônica da AMAN no Calçadão
























Share

'No Rio a morte chega cedo', diz o Washington Post



Matéria ocupa grande parte da primeira página do jornal

Da BBC Brasil

O diário americano The Washington Post publica em sua edição desta segunda-feira uma grande reportagem sobre a violência no Rio de Janeiro, na qual afirma que o número de mortes de jovens nas favelas da cidade "ultrapassa de longe o de muitas zonas de guerra".

"De 2002 a 2006, 729 menores israelenses e palestinos foram mortos como resultado da violência em Israel e nos territórios ocupados, segundo o B'Tselem, um grupo de direitos humanos israelense. Durante o mesmo período no Rio de Janeiro, 1.857 menores foram assassinados, segundo o Instituto de Segurança Pública, um centro de pesquisas do Estado", comenta o jornal.

A reportagem, que tem uma grande chamada na capa do jornal, com cinco fotos, traz ainda dez histórias de vida diferentes, sobre o efeito da violência sobre os moradores das favelas do Rio de Janeiro.



Alguns dos 10 personagens entrevistados


Uma das personagens, Maiza Madeira, conta como tenta localizar os três filhos para garantir sua segurança a cada vez que ouve barulhos que podem ser tiros na área onde mora.

"Eles moram em uma favela, que se transforma em um campo de batalha, disputada pelas gangues do narcotráfico que dominam o bairro, a polícia e, em alguns casos, milícias de vigilantes - e a segurança é dificilmente garantida", afirma a reportagem.

O jornal diz que no bairro onde ela mora, a Rocinha, "quase todos têm uma história de como a violência entrou em suas casas". "A maioria das histórias, como a de Madeira, tem crianças como seus personagens principais, como vítimas ou como autores", relata o texto.

Crimes de destaque

A reportagem comenta que "nos últimos três meses, vários crimes de destaque geraram um debate nacional sobre as crianças e a violência". "O Congresso brasileiro está considerando aplicar sentenças mais duras para crimes envolvendo crianças, e possivelmente reduzir a idade mínima para julgar os criminosos adolescentes", diz o jornal.

O Washington Post conta a história de Marcos, de 17 anos, detido no centro de detenção de menores Instituto Padre Severino, onde 185 garotos dividem dez celas de concreto.

"Ele se descreveu como traficante de drogas, assaltante e assassino, e disse que foi enviado ao Padre Severino cinco vezes desde que entrou para o Comando Vermelho, a maior gangue do narcotráfico, aos 12 anos", relata o jornal.

A história de Marcos é contrastada com a de Joel Ferreira Silvestre, de 17 anos, que trabalha como cobrador de lotação ilegal e sonha em ser motorista de ônibus, como seu pai.

"Joel vem tentando ficar fora do conflito o máximo possível, mas é fácil se ver em meio ao tiro cruzado. Isso foi o que aconteceu, ele conta, com seu primo de 16 anos, que estava em um grande grupo de adolescentes em 2004 quando a polícia chegou para uma batida. Ele foi morto", conta a reportagem.

"Assim como Marcos, Joel não gosta da polícia. Mas ele nunca se sentiu tentado a entrar para uma gangue. Em vez disso, ele espera que o serviço militar o livre da linha de frente", diz o texto.

Segundo o jornal, Joel calcula que de cada 100 garotos de seu bairro, 30 são membros de gangues. "Isso é maior do que as estimativas dos acadêmicos e dos assistentes sociais, mas significa que Joel é muito mais representativo dos garotos da favela do que Marcos", avalia o Washington Post.

Share

domingo, 15 de abril de 2007

Imagem de domingo



Um dos belos trechos da Beira-Rio depois da reforma

Share

Cláudia e Thiago na Câmara



Amanhã às 19 horas, no auditório da Câmara Municipal

Share

ORO no Resende Shopping



Uma das fotos que decoram fachadas de lojas vazias no shopping

Share

O rio que corre pela minha aldeia



O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

O Tejo tem grandes navios
E navega nele ainda,
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
A memória das naus.

O Tejo desce de Espanha
E o Tejo entra no mar em Portugal.
Toda a gente sabe isso.
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde ele vai
E donde ele vem.
E por isso, porque pertence a menos gente,
É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

Pelo Tejo vai-se para o mundo.
Para além do Tejo há a América
E a fortuna daqueles que a encontram.
Ninguém nunca pensou no que há para além
Do rio da minha aldeia.

O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele só está ao pé dele.

Fernando Pessoa, in "Poesia completa de Alberto Caeiro" - Companhia de Bolso.

Share

sexta-feira, 13 de abril de 2007

Imagem de sexta



Happy Hour no Calçadão

Share

quarta-feira, 11 de abril de 2007

Um bordel chamado Brasília

Crônica de Carlos Heitor Cony, na Folha Online

Não é piada nem falta de respeito. Na Inglaterra, inauguraram um bordel em Preston, cidadezinha localizada no norte daquele país, no condado de Lancashire, situado na rua Cannon, local de concentração de bares e restaurantes e, agora, com pelo menos uma das chamadas casas de tolerância.

Até aí, nada de novo. Esse tipo de tolerância é antigo e universal. A novidade foi o nome que deram ao estabelecimento: "Brasília". Até lá chegaram as façanhas de nossa capital. Um nome que aos poucos remete para um tipo de atividade específica.

Assim como em todas as cidades há um hotel chamado "Plaza" e um parque de diversão chamado "Tívoli", se a coisa funcionar na rua Cannon, em breve teremos "Brasílias" espalhadas pelo mundo, o que mostrará a pujança nacional em determinados setores da faina humana.

Não tenho certeza, mas a decoração da nova casa de tolerância é realmente tolerante: a catedral, que não traz apelo condenável, a rampa do Palácio do Planalto e a foto oficial do Congresso, com a bandeira auriverde ao fundo. Não sei até que ponto essas imagens servem de estímulo aos habitantes de Preston. Não acredito que as coisas que acontecem em Brasília tenham chegado ao condado de Lancashire, mas com a internet, tudo é possível.

O influente jornal da cidade, o Lancashire Evening Post, em capa de uma de suas edições, revelou que uma das mulheres do "Brasília" chegava a atender 27 clientes por dia. Ficava com 40% do que faturava, mais do que se cobra na Brasília real, que geralmente fica na casa dos 20%.

O "Lancashire Evening Post" informa que havia uma promoção de 30 minutos com duas garotas por 100 euros. De acordo com a Justiça inglesa, "Brasília" rendeu meio milhão em um ano.

Share

terça-feira, 10 de abril de 2007

Agora só falta o Congresso



Shopping inacabado é implodido em Brasília (Folha Imagem)

Share

domingo, 8 de abril de 2007

Papa quem?

Da Folha Online

Pesquisa Datafolha mostra que 51% dos brasileiros não sabem o nome do atual papa, Bento 16, que chega ao país no dia 9 de maio. O índice entre os que se declaram católicos não é muito diferente: 48%. Joseph Ratzinger, de 79 anos, completará seu segundo ano como pontífice no dia 19.

"Eu não saberia a que atribuir este desconhecimento", afirma o teólogo Geraldo Hackmann, único brasileiro membro da Comissão Teológica Internacional, do Vaticano.

"Hoje em dia há muita informação. Porém há muita gente desinformada em tudo, inclusive em religião. Ainda há as pessoas que acham que o nome do papa é papa", afirma Hackmann.

A pesquisa ouviu 5.700 pessoas em 236 municípios de 25 Estados. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Share

sexta-feira, 6 de abril de 2007

Tudo pronto



Pelo jeito, abre amanhã ou depois


Funcionários fazem simulação de atendimento

Share

Chapa branca, tarja preta, luz vermelha

Crônica de Nelson Motta (via e-mail)

Lula sonha 24 horas por dia com uma TV pública que não pinte a realidade de cor-de-rosa ou a distorça, como fazem as TVs que estão no ar. A nova TV não pode ser assim. Pode ser bem pior.

Como seria essa TV dos sonhos de Lula? O que ele gostaria de ver que ainda não exista? A Tribuna Sindical? O Show dos Oprimidos? O BBB dos Sem-terra? Que opções de informação e entretenimento faltam nas atuais TVs privadas e estatais que só ela poderá oferecer? O público é ingrato: entre as mínimas audiências da esforçada TV Cultura, as maiores são de desenhos animados, todos estrangeiros.

Como os melhores profissionais da televisão brasileira estão nas emissoras privadas, porque pagam melhor e dão melhores condições de trabalho, quem vai fazer a nova TV? Não bastam ideologia e boa vontade, além de verbas públicas, para fazer uma BBC.

É uma pena que a emissora ainda não esteja no ar para que se pudesse acompanhar uma cobertura isenta da crise aérea. Não ficaríamos à mercê das mentiras e do sensacionalismo das emissoras comerciais e da grande imprensa, ampliando a crise para prejudicar o governo Lula e os companheiros controladores de vôo.

Teríamos imagens alternativas às cenas dantescas dos aeroportos, veríamos os seis meses de esforços do governo, ouviríamos os comentários de Zé Dirceu. Waldir Pires poderia expor, em rede nacional, suas idéias geniais sobre os problemas da aviação civil e da defesa nacional. Mas quem veria?

Ver ou não ver, eis a questão-chave da televisão.

Quando Lula diz que "não interessa se der meio ou zero de audiência", é uma bravata que nos sai cara: se ninguém vê, é dinheiro público no lixo.

Mas com a nova TV virá a democratização da informação: todos poderão não vê-la.

Share

Imagem de sexta


Rodoshopping Graal praticamente vazio às 17 horas

Share

Blogs ultrapassam 70 milhões em março

Do site IDG Now!

O número de blogs presentes na grande rede ultrapassou os 70 milhões em março - mais que o dobro dos 30 mil existentes há um ano - e todos os dias são criados 120 mil novos diários virtuais, o que dá uma média de 1,4 novo blog por segundo, segundo o site Technorati, que monitora a blogosfera.

O estudo periódico do site revelou ainda que os splogs (blogs criados para propagar spams) também estão crescendo: entre 3 mil e 7 mil novas páginas deste tipo são criadas todos os dias, com destaque para dezembro passado, quando o pico foi de 11 mil.

Os internautas estão escrevendo uma média de 1,5 milhão de posts diários - 17 por segundo - e o idioma mais utilizado nos blogs é o japonês, com 37% de participação. Em seguida vêm o inglês (33%), o chinês (8%), e o italiano (3%). O português é utilizado em 2% dos blogs.

Outra constatação é que o prestígio dos blogs cresceu em relação aos veículos de grande mídia. No último relatório, de novembro de 2006, apenas 12 blogs figuravam na lista dos 100 sites mais populares da rede. O número cresceu para 22 na lista mais recente.

Share

quinta-feira, 5 de abril de 2007

Um dia de quinta



Garagens lotadas


Calçadão entupido


Bancos cheios


Lojas abarrotadas


E uma chuva de parar o trânsito

Share