Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Imagens de segunda




Fotos feitas às 16:46 e 18:37

Publicado no Resende Afora.

Share

Na cola de Resende


Publicado no Resende Afora.

Share

Na cola do RA


Publicado no Resende Afora.

Share

O melhor do Oscar 2011




















Fotos LIFE

Para ver as melhores fotos do Oscar 2011, entre aqui.

Publicado no Resende Afora.

Share

O discurso do RA

Quero agradecer à Anne Hathaway pela sua beleza, simpatia, graça, elegância, charme, espirituosidade e bom-gosto na apresentação do Oscar 2011.

Não fosse ela, já estaria dormindo há muito tempo, sem a mínima culpa por não assistir, até o final, uma das mais chatas e previsíveis premiações hollywoodianas dos últimos tempos.

Agradeço também à minha família, que sempre me apoiou, aos amigos de todos os momentos, aos quatro fiéis leitores deste blog e, como não poderia deixar de ser, ao Flamengo, que ontem me deu mais uma grande alegria.

Publicado no Resende Afora.

Share

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Em tempos de Oscar - Parte 1


A atriz Anne Hathaway faz uma paródia de 'Evita' em vídeo promocional do Oscar

Visto na Folha.com. Publicado no Resende Afora.

Share

Em tempos de Oscar - Parte 2


A atriz Megan Fox estrela um comercial de lingerie (Armani)

Visto no Blue Bus. Publicado no Resende Afora.

Share

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

O primeiro Tim Maia a gente nunca esquece


Lançado em 1970, o disco de estréia do grande síndico tinha, entre outras, as seguintes músicas:

"Coroné Antônio Bento", "Eu amo você", "Primavera", "Azul da cor do mar", e "Cristina" (em duas versões).

Todas elas fazem parte da trilha sonora da minha adolescência e me acompanham até hoje nas rodas de violão no Triângulo Mineiro, durante as férias anuais.

Mas nunca tive o disco original, inteiro, com todas as músicas. Agora, com o lançamento da Coleção Tim Maia (Abril Coleções) pude, enfim, preencher essa lacuna na minha discoteca, que será abastecida também com os próximos dois números (Tim Maia 1971 e Tim Maia 1973).

Inexplicavelmente, a coleção deixou de fora o disco de 1972 e, com ele, uma das melhores músicas gravadas por Tim, a esquecida "Sofre", um blues arrasador que deveria constar em qualquer antologia do gênero. Confira aí embaixo:

Tim Maia - Sofre



Nesse disco de 1972, tinha também "Canário do reino", "O que me importa", "Lamento" e "Pelo amor de Deus", outras pérolas do repertório do síndico ignoradas em uma coleção que poderia muito bem ser definitiva.

PS: Acabei de comprar - na Revistaria Agulhas Negras - o segundo disco da coleção, Tim Maia 1971, que é, na minha opinião, o melhor de todos, com as clássicas "Não quero dinheiro (só quero amar)", "Salve Nossa Senhora", "Não vou ficar" e "Você".

Publicado no Resende Afora.

Share

E por falar na rainha...


Para ver em tela cheia e ouvir bem alto!

Publicado no Resende Afora.

Share

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Acabei de receber


Publicado no Resende Afora.

Share

Rua do Detran


Foto feita na segunda-feira (21), às 18:27

Publicado no Resende Afora.

Share

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Da antiga série 'Onde tem desgraça, tem brasileiro'

Do UOL Notícias

Os brasileiros que moram em Christchurch, na Nova Zelândia, estão tentando colocar a vida em ordem depois dos terremotos de que destruíram parte da cidade.

Alguns até já voltaram ao trabalho. Mas, para o casal Derek Piva e Angela Ragavani, voltar à vida normal está sendo mais difícil, pois eles tiveram que abandonar o apartamento onde moram no centro da cidade só com o passaporte e a roupa do corpo.

Angela e Derek passaram a noite na casa da amiga Carla Miller e na manhã desta quarta-feira (23) tentaram chegar até o apartamento para retirar roupas e alguns pertences, mas a polícia tinha cercado a área e eles estavam sem saber se iriam conseguir entrar em casa.

O casal deve passar mais algumas noites na casa dos amigos até que os prédios estejam seguros.

Editado e publicado no Resende Afora.

Share

Imagem de quarta


Foto Reuters

Em 1992, na fronteira Líbia-Egito, um alegre e despreocupado encontro dos ditadores Hosni Mubarak e Muammar alQadhafi (ou Gaddafi ou Khadhafi ou Kadafi ou ...).

Publicado no Resende Afora.

Share

A imbatível Capital Mundial dos Apagões

Dando continuidade à série "Retrospectiva dos cinco anos do RA", vamos relembrar agora uma matéria postada no dia 20 de junho de 2008. Como se vê, de lá para cá, nada mudou.


Depois de mais de duas décadas entre as cidades com o maior número de blecautes do planeta, Resende foi eleita na noite de ontem - em Estocolmo, na Suécia - a Capital Mundial dos Apagões. Mesmo tendo sido destaque no último bloco do Jornal Nacional, a notícia só chegou à cidade fluminense uma hora depois, graças à ocorrência de mais um amplo apagão em horário nobre.

Para conquistar o honroso título de Capital Mundial dos Apagões, Resende desbancou a cidade de Makamba, no interior do Burundi, país africano considerado um dos mais pobres do planeta. Com uma população aproximada de 360 mil habitantes, Makamba mantinha o título de Capital Mundial dos Apagões desde 1997.

Em entrevista ao Jornal Nacional, o físico José Goldemberg - um dos ganhadores do prêmio Blue Planet Prize (concedido anualmente aos que lutam pela causa ambiental no mundo) - disse que Resende entra para a história como sendo uma das cidades que mais preservam energia através de apagões. "Enquanto o mundo todo desperdiça milhares de kilowatts em banhos quentes, computadores ligados e luzes acesas, Resende dá o exemplo reunindo as famílias em torno de velas e lampiões."

Hoje, no decorrer do dia, chegaram a Resende inúmeras mensagens enviadas por autoridades de todas as esferas governamentais. O presidente Lula lembrou que "nunca na história desse país, uma cidade de porte médio havia recebido tão importante reconhecimento internacional." Afirmou também que Resende poderá contar "amplamente" com recursos do PAC para manter o título de Capital Mundial dos Apagões por muitos e muitos anos.

Sobre as razões que levaram Resende a ganhar tão disputada eleição, o engenheiro americano Paul Darkness, presidente da entidade People with no Lights, esclareceu - ou melhor, escureceu - que em nenhuma outra cidade monitorada pelos juízes da competição havia ocorrido, até a data de ontem, apagões em noites de lua cheia, com céu claro, sem nuvens e nenhum vento. "Resende é, sem dúvida, um fenômeno raro, digno de um amplo e profundo estudo à luz de velas."

Quanto às autoridades locais, até agora ainda não foi divulgado se haverá alguma comemoração oficial pelo título. Enquanto isso, os orgulhosos cidadãos resendenses devem aproveitar as luzes brilhando para ler, ouvir música e perambular pela Grande Rede, mas sem esquecer do tradicional maço de velas ao alcance das mãos.

Republicado no Resende Afora.

Share

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Pode sonhar que dá


Anúncio veiculado na revista Veja em setembro de 2008

Publicado no Resende Afora.

Share

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Site de segunda


Publicado no Resende Afora.

Share

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Imagens das férias - Parte 1






























































Publicado no Resende Afora.

Share