Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Queda de avião em Resende provoca batida de carros


Foto G1

Do Portal G1

Um avião monomotor, com dois tripulantes, caiu no início da tarde desta quinta-feira (30), em Resende. O instrutor Artur Rodrigues Maio e o aluno Diego Marques, de 23 anos, foram levados para o Hospital de Emergência da cidade.

"O instrutor está em estado de choque, com ferimentos na cabeça. Já o aluno saiu do avião consciente, com machucados superficiais", informou o presidente do Aeroclube de Resende, Ricardo Manso Vieira.

Os dois fariam um voo de instrução local de piloto civil. Após decolar, eles perceberam uma pane mecânica. "Tentaram fazer uma curva de reversão para pousar no campo de futebol próximo ao aeroclube, mas acabaram colidindo com uma cerca", disse Ricardo.


Foto G1

Uma viatura da Polícia Militar bateu em um carro de passeio na tarde desta quinta-feira (30), na Estrada Resende-Riachuelo, em Resende.

O acidente aconteceu próximo ao trevo de entrada do bairro Morada da Colina. Apesar do impacto, ninguém ficou ferido. De acordo com testemunhas, o carro contornava a rotatória de acesso ao bairro, quando foi surpreendido pela viatura, que seguia pela contramão.

Segundo a Polícia Militar, o veículo seguia para as proximidades do Campo de Aviação para trabalhar na sinalização do local onde um avião (aquele mesmo da primeira matéria) caiu minutos antes.

Editado e publicado no Resende Afora.

Share

terça-feira, 28 de maio de 2013

Imagem de terça


Foto feita em Campos Elíseos às 16:56

Publicado no Resende Afora.

Share

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Da série 'Onde tem desgraça, tem brasileiro'

Da Folha de S.Paulo

A empresária brasileira Patricia Paes, 37, mora há 18 anos na região de Oklahoma City, que foi atingida pelo tornado da última segunda-feira. Ela relata os momentos de desespero que sofreu para tentar atravessar o temporal dirigindo seu carro, guiada pelo marido via celular, até chegar em casa, onde estava sua filha Stella, de quatro meses.

"O sistema de meteorologia de Oklahoma já havia avisado, dias antes, que para aquela segunda-feira havia grandes chances de formação de tornado. Só restava saber onde seria.

Na hora do almoço, recebi uma ligação do meu marido avisando que as nuvens estavam se concentrando e que poderiam chegar à região do escritório da Câmara de Comércio do Sul de Oklahoma City, onde eu estava.

Normalmente o caminho até a minha casa leva 30 minutos. Eu teria de atravessar a cidade do extremo sul ao extremo norte.

A trajetória, no entanto, foi bem mais longa. Em pouco tempo, os ventos fortes se transformaram em um temporal de granizo. Os carros se abrigavam embaixo dos viadutos. Eu tive medo de que as pedras, de tão grandes, quebrassem o vidro, mas tomei a decisão de seguir dirigindo.

No fim, cheguei em casa a tempo de ver as primeiras imagens devastadoras na TV. O que mais impressionou é que o que eu estava vendo em pedaços eram os prédios de uma região que conheço tão bem. Abracei a Stella, chorei e agradeci."

Para ler a matéria completa, entre aqui.

Editado e publicado no Resende Afora.

Share

terça-feira, 7 de maio de 2013

Vazamento de óleo atinge o rio Paraíba do Sul














Pelo menos cinco cidades do Sul Fluminense cortadas pelo Rio Paraíba do Sul precisaram interromper a captação e o fornecimento de água devido à mancha formada por cerca de oito mil litros de óleo diesel que vazaram, na noite de domingo, de dutos da empresa Transpetro localizados na cidade de São José do Barreiro (SP).

O vazamento - que, segundo o Inea (Instituto Estadual do Ambiente), provocou uma mancha de 30 quilômetros de extensão - causou a interrupção do abastecimento de água em Resende, Porto Real, Volta Redonda, Pinheiral e Barra Mansa devido à presença do combustível nos rios Formoso, Sesmaria e Paraíba do Sul.

A Transpetro confirmou através de nota que o vazamento foi realizado pela ação de criminosos, que provocaram o vazamento do produto ao danificarem uma válvula para furtar óleo diesel.

A companhia esclareceu ainda que continua mobilizando todos os recursos necessários no intuito de conter os impactos para a população e o meio ambiente decorrentes dessa ação. Os trabalhos de contenção do produto estão sendo realizados em parceria com a Defesa Civil dos municípios.


O presidente da Agência de Meio Ambiente de Resende (Amar), Wilson Oliveira Ribeiro de Moura, explicou as ações realizadas pela Transpetro no município:

- O produto atingiu o Rio Formoso e, em seguida, o Sesmarias, onde desde segunda-feira estão sendo realizadas as barreiras de contenção. Caminhões trabalham em três pontos, nas proximidades da Universidade Estácio de Sá, do Resende Shopping e da Avenida Presidente Kennedy (foto acima), onde o Rio Sesmarias deságua no Paraíba do Sul. A empresa está trabalhando sem paralisações, mas a interrupção na captação de água foi a melhor opção para reduzir os impactos.

Para ler a matéria completa, entre aqui. Para ler a nota oficial da Transpetro sobre a ocorrência, entre aqui.

Editado e publicado no Resende Afora.

Share

O estranho caso de Afif Domingos




Se é possível você se opor ao PT durante toda sua trajetória política, tornar-se vice-governador de São Paulo na chapa do governador eleito pelo PSDB para depois, às vésperas de novas eleições, passar para o lado do PT em troca de um ministério inventado em cima da hora unicamente para abrigá-lo, daqui para frente tudo no seu ramo deverá será visto como algo natural.

Se não natural pelo menos incapaz de causar espanto. Afif Domingos acumulará as funções de vice-governador de São Paulo com as de ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Servirá a dois governos comandados por partidos adversários. Para não assumir o governo de São Paulo caso Alckmin viaje ao exterior, será obrigado a deixar o país. Já disse que o fará.

Por que Afif não renuncia ao cargo de vice-governador? Resposta dele: porque nada o impede de continuar no cargo. Afif seguirá desfrutando das vantagens, benefícios e comodidades que lhe oferece o cargo de vice-governador? Ou abrirá mão delas em favor das vantagens, benefícios e comodidades que lhe garante o cargo de ministro? Ele ainda nada disse a respeito.

Como vice-governador, Afif tem acesso a informações sobre São Paulo de natureza confidencial. Quem garante que não as compartilhará com Dilma Rousseff, sua nova patroa? Afinal, ela é a presidente da República. Deve ser bem informada. Affif fará questão de receber os salários de vice e de ministro de Estado? Ou abrirá mão de algum deles?

Editado e publicado no Resende Afora.

Share