Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Resende abalou geral!


O tremor foi registrado no Observatório Sismológico da UnB
(Foto Agência Brasil)

Do Portal G1

A terra tremeu no Brasil na noite de terça-feira (22). Durou cinco segundos e deu susto em quatro estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina. No início desse terremoto moderado, ninguém entendeu o que estava acontecendo. Foi às 21h, horário de Brasília.

De acordo com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), o tremor, de 5,2 graus na escala Richter, ocorreu a 270 km do litoral de São Paulo. O epicentro foi localizado no Oceano Atlântico. Segundo Jorge Sand, coordenador do observatório, a região onde foi registrado o epicentro tem uma atividade sísmica grande por ser uma plataforma continental, com interfaces de regiões mais densas e menos densas.

No estado do Rio de Janeiro, a Defesa Civil recebeu mais de 30 chamados em menos de dez minutos. Os técnicos ficaram surpresos com o motivo dos telefonemas: tremor de terra. “Começamos a receber telefonemas a partir das 21h05. Ao sair da Defesa Civil para fazer as vistorias, já tínhamos recebido em torno de 35 ocorrências”, contabiliza Carlos Alberto Miranda, da Defesa Civil.

As cidades mais atingidas foram Resende, no Vale do Paraíba, Angra dos Reis, no litoral sul do estado, e na Área Metropolitana, São Gonçalo e Nova Iguaçu. No município do Rio, os tremores duraram aproximadamente cinco segundos. Madureira, Ilha do Governador e Jacarepaguá registraram os abalos mais fortes.

Pitaco do RA: O telefone tocou ontem pouco antes da meia-noite. Era a minha cunhada Dênia - de Monte Carmelo, no Triângulo Mineiro - preocupada com as notícias de um tremor de terra em Resende. Aqui, ninguém sabia de nada, a não ser que muitos paulistanos haviam sentido um abalo por volta das 21 horas. Nesse horário, estávamos todos em casa, um apartamento no oitavo andar de um dos edifícios mais altos da cidade. Absolutamente nada tremeu por aqui. Você, leitor resendense, sentiu alguma coisa?

Marcadores: , ,

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home