Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

terça-feira, 27 de maio de 2008

Adeus a Sydney Pollack


















Fotos AP e Divulgação

Diretor Sydney Pollack morre aos 73 anos

Do Portal G1

O diretor, produtor e ator Sydney Pollack morreu de câncer, aos 73 anos, informou, na noite de ontem (26), o assessor do diretor Leslee Dart.

Segundo o assessor, o diretor morreu em sua casa, em Pacific Palisades, na Califórnia, ao lado da família. Ele deixa mulher e duas filhas.

A doença de Pollack chamou a atenção do público em agosto de 2007, quando ele, então diretor de um filme para a TV HBO, se retirou do projeto por razões de saúde não divulgadas.

História no cinema

O grande sucesso do diretor é o filme "Entre dois amores" (1985), com Robert Redford e Meryl Streep. Com o filme, Pollack recebeu o Oscar de melhor direção em 1986. O longa ainda levou mais seis estatuetas.

Pollack também dirigiu a comédia "Tootsie" (1982), protagonizada por Dustin Hoffman, e o romântico "Nosso amor de ontem" (1973), com Robert Redford e Barbra Streisand.

Nas décadas de 80 e 90, Pollack também produziu diversos filmes. Entre eles, "O talentoso Mr. Ripley" (1999) e "Razão e sensibilidade" (1995).

Após um longo período fora da direção, Pollack retomou a função em 2005 com "A intérprete", estrelado por Nicole Kidman. Dois anos depois, Pollack esteve, como ator, ao lado do ator George Clooney no thriller "Conduta de Risco".

Atualmente, Pollack pode ser visto nos cinemas na comédia "O melhor amigo da noiva" (2008).

Outros filmes do diretor são "A noite dos desesperados" (1969), "Três dias do condor" (1975), "Operação Yakuza" (1975), "A firma" (1993) e "Destinos cruzados" (1999).

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home