Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Brasil tem o mais baixo grau de investimento

Enviado por Cesar Maia, via e-mail

A agência de classificação de risco Standard & Poor`s classifica os países e empresas numa hierarquia de risco. Os níveis são: AAA (onde estão os EUA, por exemplo), AA+, AA, AA-, A+, A, A-, BBB+, BBB e BBB-. Este é o ultimo nível do que chamam de "grau de investimento". Depois vêm as classificações BB+, BB, BB-, B+, B, B- (Equador), CCC+ (Líbano), CCC, CCC-, CC, C e D, que é o calote.

O Brasil estava no nível BB+, o nível de fronteira, e agora passa a BBB-, o nível mais baixo dos países que são classificados como baixo risco para investimentos. Na América Latina, o Chile tem nível A+ e o México BBB+, ambos acima do Brasil já há alguns anos. A Colômbia tem o nível BB+, o primeiro antes do "grau de investimento”, onde estava o Brasil junto. A China é A, Rússia BBB+ e a Índia BBB-. A Argentina é B+.

É verdade que essas classificações não são de certeza absoluta. Basta lembrar que várias instituições financeiras que estavam na hierarquia superior desta classificação da S&P sucumbiram - e ainda sucumbem - na crise das "sub-primes", quando as classificadoras de risco foram duramente criticadas por suas imprevisões.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home