Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sexta-feira, 1 de dezembro de 2006

'Turistas' detona o Brasil

Otacílio Rodrigues, crítico de cinema improvisado do RA

Estréia hoje nos Estados Unidos, um filme que vai dar o que falar - no Brasil! "Turistas" (este é o título original, assim mesmo em português) tem um enredo fraquinho, nenhum ator ou atriz famosos, mas promete fazer um estrago sem precedentes na imagem já bastante arranhada do Rio de Janeiro, principal destino turístico dos estrangeiros que visitam o nosso glorioso país tropical.

A historinha de "Turistas" é mais ou menos assim: dois jovens casais americanos chegam de férias ao Rio e, como não poderia deixar de ser, seguem direto para uma das muitas praias outrora limpas, outrora seguras da hoje Cidade Tenebrosa. Como as cenas do trailer passam em ritmo frenético, dá só pra imaginar que a praia escolhida esteja entre a Barra da Tijuca e Grumari. Logo uma das moças começa a tirar a roupa e avisa ao namorado que vai fazer topless, coisa mais que normal no Brasil (se ela soubesse que ainda estamos a anos-luz da descontração da Riviera Francesa ou das ilhas gregas...).

Um corte brusco e o animado quarteto já está numa festinha em algum lugar próximo à praia, onde tomam todas, dão bandeira e caem facilmente no golpe do "Boa Noite Cinderela". Na manhã seguinte, acordam deitados na areia e descobrem que ficaram sem dinheiro, cartões de crédito e passaportes. Aí, pegam uma trilha no meio do mato, andam o dia inteiro, passam por um lugar parecido com a Cidade de Deus e chegam a um casebre abandonado, onde resolvem passar a noite (que belo roteiro, hein?).

De madrugada, vêem uma luz através do vidro da janela e aquilo que parecia ser o facho de uma lanterna se transforma, de repente, no refletor de um centro cirúrgico. Começa, então, o martírio dos turistas, vítimas de uma quadrilha de traficantes de órgãos humanos. Amarrada à mesa de operação, uma das jovens grita desesperada que quer voltar para casa, enquanto os "médicos" fazem o seu serviço, aparentemente, sem anestesia. Nas cenas finais do trailer - que pode ser visto aqui -, parece que todos são jogados em um precipício, enquanto letreiros anunciam: "as férias acabaram".

Conclusão do RA: Tá certo, os gringos pegaram pesado, isso não é coisa que se faça com um país (principalmente com o nosso país), mas, cá pra nós, tudo o que está no filme já aconteceu por aqui. Todos sabemos que turistas são assaltados diariamente no Rio de Janeiro, que muitos já foram mortos e que tráfico de órgãos humanos é um assunto que, vira e mexe, está nas páginas dos jornais (confira aqui). E como, apesar de todas as desgraças, ainda insistimos na tese de que vivemos no País da Alegria, reino do samba, do carnaval e do futebol, é bom que de vez em quando alguém levante o tapete e mostre a grossa sujeira que tem por baixo. Aos patriotas indignados, uma boa vassoura de piaçava!

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home