Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

I Mostra de Cinema 'Câmara Digital'

Enviado por Lu Gastão

Uma revolução audiovisual está em curso em todo o mundo com o surgimento das câmeras digitais. Seja através de uma filmadora, de uma máquina fotográfica ou até mesmo de um celular, é possível captar atualmente imagens em movimento de qualidade. A famosa frase cunhada nos anos 60, "Uma idéia na cabeça e uma câmera na mão" profetizou o que só iria acontecer verdadeiramente 40 anos depois. E para provar que muitas idéias se transformaram em filmes, a Câmara Municipal de Resende organizou a I Mostra de Cinema "Câmara Digital", que entre os dias 22 e 26 de janeiro, sempre às 20h, apresentará ao público de Resende trabalhos realizados no formato digital.

Durante cinco dias serão exibidos gratuitamente no auditório da Câmara Municipal, longas e curtas-metragens de vários cantos do país. Segundo Luís Arnaldo Gastão, o curador da mostra, a reunião de todos estes filmes só foi possível graças aos contatos feitos através da internet com cineastas de todo o Brasil. "Através de sites como o Orkut foi possível encontrar pessoas que fazem filmes no Piauí e no interior do Pará", revela o organizador da mostra que conseguiu ainda longas de São Paulo e Rio de Janeiro.

A variedade de temas é outro ponto positivo da I Mostra de Cinema "Câmara Digital". A lista inclui dois documentários e três filmes de ficção. Para abrir o evento foi escolhido "O Olho do Canhão", documentário de Pedro Rosa que busca jogar luz sobre a história dos fortes e fortalezas da Baía de Guanabara. O roteiro deste filme é assinado pelo resendense Jorge Colistet que ao lado do diretor fará uma explanação sobre o filme após a sessão. Na terça feira será a vez de "Cipriano" encantar a platéia da cidade. Dirigido por Douglas Machado, o filme faz uma viagem ao imaginário latino-americano através de uma peregrinação pelos sertões nordestinos.

No terceiro dia da mostra será exibido o documentário "Regatão – O Shopping da Selva" de Mariza Leão e Marcelo Laffitte. O filme faz um passeio pelo Amazonas a bordo de um barco de regatão, o comercio fluvial que abastece as cidades ribeirinhas. Na quinta-feira será exibido "Céus de Fuligem", ficção científica de Márcio Napoli sobre um artefato espacial que cai sobre a cidade de São Paulo assombrando os quatro cantos do planeta. As exibições se encerram na sexta-feira com o filme "Ajuê São Benedito", longa-metragem feito no interior do Pará pelo cineasta Paulo Miranda e que conta a luta de um grupo de seringueiros para libertar-se do trabalho escravo.

Todos os filmes de longa-metragem serão precedidos pela exibição de curtas. Aqui também a variedade de temas servirá de atrativo para o espectador. A sexualidade em filmes como "Auto-Sexo" e "A Carta", ambos de Rafael Saar; formas variadas de animação como em "A Noite" do resendense Ângelo Tramezzino ou "Cowboy on the Rocks" e "Playmetrópolis" realizados por alunos da ECA em São Paulo; o encontro de quatro atrizes no filme "Chá!!! Ou Capota, Mas Não Breca" de Ayrton Batista Jr.; ou uma invasão de marcianos em Penedo em "A Invasão Alien" de Nina Bellotto, Dedeco e Leondre; num total de dezesseis curtas-metragens selecionados para o evento que fará também a pré-estréia do filme "Disque Auto-Ajuda" de Pablo Bedê.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home