Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

domingo, 25 de setembro de 2011

O branco, o afro-brasileiro e o mulato

Sobre a polêmica envolvendo o comercial da Caixa que exibiu na TV um Machado de Assis branco, o grande Ivan Lessa põe mais lenha na fogueira em sua última crônica na BBC Brasil:


Em nenhum registro da momentosa questão (até os que torcem por Euclides da Cunha notaram) usou-se a palavra adequada para Machadinho: era mulato.

Se o chamassem de "afro-brasileiro" garanto que, mesmo franzino, como se pode constatar de suas fotos, descia o braço no cidadão que se atrevesse.

Repetindo: Machado de Assis era mulato. O que na época, e hoje também, não tem absolutamente nada demais e nunca foi nem será xingamento ou menosprezo.

Arrisco um palpite: legado miserável mesmo é o da nossa ignorância. Duvido que qualquer um das dezenas de publicitários (manjo o time) que se envolveram na tolíssima produção soubesse que Machado fosse mu-la-to.

Aí sim, está o preconceito.


Para ler a crônica completa, entre aqui.

Publicado no Resende Afora.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home