Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Resende 'bilionária' é destaque na grande mídia


Anúncio publicado na Veja em 12/10

"Temos orgulho em anunciar que a Nissan vai investir R$ 2,6 bilhões na construção de sua segunda fábrica no país. A nova planta, com capacidade de produção de 200 mil carros por ano, 3,2 milhões de m2 de área e 2 mil funcionários, será instalada em Resende, no Rio de Janeiro."


Matéria de O Globo, publicada no dia 22/10

"A montadora, que concentra sua produção em Resende, no estado do Rio de Janeiro, passará a produzir 140 mil veículos. Hoje, ela fabrica 70 mil ônibus. O principal objetivo é aumentar a oferta de veículos comerciais das marcas Volkswagen e MAN, que fabrica caminhões e ônibus."


Matéria de O Globo, publicada em 23/10

Na primeira parte da matéria de página inteira publicada no último domingo (23), a repórter Mariana Durão, de O Globo, conversa com Eraldo Nunes, dono da Eraldo Magazine, que decidiu investir R$ 1 milhão na ampliação de sua antiga loja (30 anos) no Calçadão.

"A Nissan vem aí. Tenho que acompanhar o crescimento da cidade e dos concorrentes", diz Eraldo, que abrirá filiais nos bairros do Manejo e Cidade Alegria, onde bancos e grandes lojas começam a chegar.


Reproduções do RA

Depois de justificar o apelido "ABC Fluminense" - além da chegada da Nissan, foram anunciadas, nos últimos dias, expansões das montadoras Peugeot Citroën e MAN -, a matéria de O Globo destaca a posição privilegiada de Resende, Itatiaia e Porto Real, que estão a meio caminho das duas principais cidades brasileiras.

E para tornar as distâncias ainda mais curtas, Itatiaia negocia a criação de um segundo ramal ferroviário da MRS, que ligará o Porto do Rio à cidade. Enquanto isso, Resende aguarda para breve a inauguração de uma linha de voos regionais operados pela Trip, depois da recente reinauguração do antigo aeroporto, que passou por uma grande reforma.

A abertura do shopping PátioMix Resende (inaugurado em junho) também é destaque na matéria, que ressalta a intenção dos administradores de expandir o empreendimento, que ganharia mais 40 lojas e uma torre de escritórios com 200 salas.

Alta do custo de vida e falta de mão de obra

Sobre as vantagens e desvantagens do desenvolvimento repentino, O Globo cita, no primeiro caso, o aumento de salários e empregos na região. Quanto às desvantagens, as principais seriam o aumento do número de carros nas ruas (principalmente em Resende, que convive com engarrafamentos diários) e a alta do custo de vida - o preço do metro quadrado dos imóveis, para venda e locação, dobrou no último ano.

A última parte da reportagem é dedicada ao problema da falta de mão de obra qualificada na região, que já fez a Nissan (em Resende) e a Hyundai (em Itatiaia) projetarem centros de treinamentos em suas futuras fábricas. Por seu lado, a MAN se dispôs a financiar a criação de um Centro de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica no campus da UERJ em Resende.

Publicado no Resende Afora. (Matéria sugerida pelo leitor Aurélio)

Share

10 Comments:

At 27/10/11 16:41, Anonymous Anônimo said...

Resende precisa agora de uma boa infra-estrutura urbana para suportar o aumento fluxo de pessoas e veículos.

É urgente aproveitar que o governos são bem articulados com o governo federal e que este tem se mostrado nos últmos anos eficaz na expansão das unidades federais de ensino, trazer uma grande unidade do CEFET e uma universidade pública federal, com centros de pesquisa.
A real ampliação da UERJ (também com os centros de pesquisa mencionados na matéria) será ótimo.
Por enquanto só a AEDB, que aliás é uma boa faculdade particular, tem se movimentado para suprir a carência de mão de obra.

 
At 27/10/11 18:30, Anonymous Weber said...

O Anônimo foi perfeito em suas colocações.
Compartilho com ele a mesma opinião.

 
At 28/10/11 00:02, Anonymous Aurélio said...

Parabéns ao RA, o Post ficou excelente com abordagem incrível, bem explicado e rico em fontes. Obrigado.

As indústrias apostaram em Resende, e com razão, temos território, plano e de boa logística, fizeram sua parte. Agora os governos Federal e Estadual têm que cumprir seu papel e fazer os investimentos necessários, boa relação já temos, investimentos em formação, habitação e infraestrutura. Para começar, sem gastar muito, por isso sem desculpas, a construção de uma pequena pista marginal entre o viaduto do Penedo e o acesso oeste, para permitir o acesso a nova ponte para quem vem do RJ, passando no pátio do posto da PRF, o asfalto já está até pronto, é só complementar e pintar as faixas. O Rush do final de tarde de Resende tem nome e sobrenome, "fluxo sentido pólo industrial zona oeste", a barata solução proposta resolve em grande parte, e não tem motivos para demora!

 
At 29/10/11 14:36, Blogger Otacílio Rodrigues said...

Concordo, grande Aurélio, que esta seria a melhor opção de entrada em Resende através do Acesso Oeste para quem vem do Rio (ou Volta Redonda, Porto Real, Polo Industrial, etc). Afinal, o viaduto (de Penedo) já está pronto e o movimento ali é relativamente pequeno nos dias úteis.

O problema é que parece não haver muito empenho para estimular o tráfego pelo Acesso Oeste, já que, até hoje, não existem placas indicativas na pista sentido Resende.

Grande abraço!

 
At 30/10/11 05:15, Anonymous Weber said...

Falando nisso, o asfalto já está pronto até a Casa da Lua?

 
At 30/10/11 12:15, Blogger Otacílio Rodrigues said...

Estava pensando nisso outro dia, grande Weber. Se der, vou lá hoje mesmo fazer umas fotos.

 
At 30/10/11 13:19, Anonymous Aurélio said...

Creio que ainda não indicam o acesso oeste por a av F.F.Filho não estar pronta, e enfiar o visitante no barro.
Depois de pronta essa avenida, será necessário a construção de uma outra avenida larga, ligando o trevo dessa até a o ciep no manejo, visto que a atual é estreita e velha, principalmente apartir do motel. Saindo essa avenida com boa capacidade de tráfego, creio que esse trecho não precisaria ser contornado, e a tão falada av. do contorno começaria na ponte que será construida em frente ao Alphaville.

 
At 31/10/11 00:52, Anonymous Anônimo said...

O asfalto ainda não esta pronto. As vezes, vindo de MG passo por lá e afirmo, falta metade do trecho mais ou menos. Mas é uma avenida super larga e extensa chega a ser imponente até.
Abraços

 
At 1/11/11 09:40, Anonymous Anônimo said...

O trânsito de Resende tende a piorar nos próximos anos e precisará de investimentos pesados, como em todas as outras áreas a cargo do Poder Público.

Venho lendo algo que a região está em busca de uma nova fábrica de carros de passeio da VW. Já que teremos mesmo mais fábricas de carros (coitado do planeta!), que seja no Brasil. Se for na Região das Agulhas Negras, que seja em especificamente em Resende!
Esta é a cidade que mais receberá os ônus de tudo isso e por isso a arrecadação tem que ficar aqui. Ela já sofreu demais com emancipações oportunistas que criaram verdadeiras aberrações. Porto Real, por exemplo, já tem muito mais dinheiro do que precisa para manter aquele pontinho no mapa com "meia dúzia" de gente...
Vamos iniciar uma campanha para que Resende concentre os novos investimentos mandando e-mails para a sociedade civil, os governos federal e estadual, as empresas etc

 
At 15/11/12 19:33, Anonymous Anônimo said...

Qual o custo de vida em Resende?? aluguel de um ap de quarto e sala na regiao cara??

 

Postar um comentário

<< Home