Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sábado, 14 de abril de 2012

As últimas horas do Titanic

Na noite de 14 de abril de 1912, às 19:30, o cargueiro Californian - que navegava de Liverpool para Boston - envia uma mensagem de alerta para o Titanic: três grandes icebergs na rota do navio, 146 km à frente.

A mensagem é recebida pelo Quarto Oficial Boxhall, que assinala os icebergs na carta náutica. Enquanto isso, o capitão Edward J. Smith estava sendo homenageado com um jantar de gala no restaurante.

Às 20:55, Smith deixa o restaurante para dar uma olhada na ponte de comando, onde conversa com o oficial Lightoller sobre as condições do tempo. O capitão é informado de uma mensagem de alerta sobre gelo (na verdade, já haviam chegado cinco advertências).

Sem dar importância ao alerta, os dois comentam que, naquela noite estrelada e de mar calmo, icebergs seriam vistos à uma distância segura.

Pouco mais de meia hora depois - às 21:30 -, outra mensagem de alerta chega ao Titanic, mencionando grandes icebergs na rota do navio. O oficial Philips, que a recebe, também não dá importância e deixa a mensagem esquecida sob um peso de papel.

Às 23 horas, a tripulação do Titanic recebe a sétima mensagem de advertência. Do cargueiro Californian, o capitão Lord informa que vai passar a noite cercado pelo gelo.

Quarenta minutos mais tarde, os vigias do mastro avistaram um enorme iceberg bem em frente do Titanic. Imediatamente, o vigia Frederick Fleet ergueu o comunicador para informar a ponte de comando.

Os segundos que se seguiram - uma pequena demora para atender o comunicador, a ordem para uma rápida manobra de desvio e a realização dessa manobra - foram insuficientes para impedir a colisão. O navio raspou lateralmente o iceberg, que fez um rombo de 90 metros no casco.

Às 2:20 da madrugada do dia 15 de abril de 1912, o RMS Titanic afundava, causando a morte de mais de 1.500 pessoas. Outras 706 foram resgatadas em 20 botes salva-vidas por tripulantes do navio Carpathia, que os levou até Nova York.

Matéria compilada de trechos da Wikipédia e do livro "O Crepúsculo da Arrogância - RMS Titanic Minuto a Minuto", de Sérgio Faraco.

Publicado no Resende Afora.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home