Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

segunda-feira, 27 de março de 2006

E for falar no Jornal Nacional...

Fiquei esperando a cobertura da morte da atriz Ariclê Perez - sepultada hoje em São Paulo - e nada. Normalmente a Globo reserva um generoso espaço no JN para homenagear os atores e atrizes que, de tempos em tempos, partem dessa para uma melhor. Dessa vez, nenhum comentário. Será que foi devido à natureza da morte, já que tudo indica que a intérprete de Dona Júlia (mãe do Juscelino, na minissérie JK) se suicidou? Se for, não vejo porque esconder o fato do público, mesmo porque - a essa altura - todos já sabem. Ariclê foi uma grande atriz, uma das melhores que o Brasil já teve. Esperemos que a homenagem que ela merece não esbarre em dogmas e preconceitos.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home