Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sábado, 16 de dezembro de 2006

Tendenciosos tradutores globais

Assisti ontem no Jornal Nacional - e também no Jornal da Globo - uma matéria sobre a entrevista que os pilotos americanos do Legacy deram a um dos principais telejornais dos EUA. Nos dois horários, a manchete foi a mesma: "Pilotos americanos são tratados como heróis na televisão americana". Muito bem. No Jornal Nacional, eu apurei os ouvidos para conferir o que dizia o jornalista (âncora) americano por baixo da voz da Fátima Bernardes e, no Jornal da Globo, confirmei o que tinha ouvido. E o que eu ouvi foi exatamente isso:

- Someone would even say you're heroes (alguém até diria que vocês são heróis)...

Isso depois do âncora perguntar se os pilotos tinham realmente certeza de não terem cometido nenhum erro durante o vôo que resultou na colisão e na queda do avião da Gol no dia 29 de setembro. Diante da enfática resposta de que eles apenas seguiram o plano de vôo estabelecido por nossos controladores, o jornalista comentou que há quem os veja como heróis por terem salvo a vida de quatro pessoas, depois de conseguir (sem comunicação nenhuma) pousar o jatinho avariado numa pista escondida no meio da floresta.

Assim sendo, a manchete global é absolutamente tendenciosa e men-ti-ro-sa!! Aliás, nessa mesma matéria, para reforçar a acusação (implícita) de que os pilotos americanos são responsáveis pela maior tragédia da aviação brasileira, um delegado da Polícia Federal afirmou que as gravações da caixa preta do Legacy confirmam que eles têm uma parcela de culpa no acidente. E aí, faltou um bom repórter para perguntar:

1) De quanto seria essa parcela de culpa dos pilotos americanos: 10%, 50%, 80%?

2) E a outra parcela - supostamente dos nossos controladores de vôo - seria maior ou menor?

3) Por que - depois de quase três meses do acidente - não sabemos os nomes desses controladores de vôo e por que, à exemplo dos pilotos americanos, eles ainda não foram indiciados?

4) Finalmente, se o conteúdo das caixas pretas (do Legacy e do Boeing) realmente incrimina os americanos, por que ainda não foi divulgado?

Diante de tudo isso, alguém poderia dizer: esse sujeito do RA está fazendo de tudo para livrar a cara dos americanos e culpar os brasileiros pela morte de 154 pessoas. Ao que eu responderia:

- Estou fazendo de tudo para que a verdade prevaleça acima dos interesses políticos que estão por trás das investigações do acidente. Assumir a culpa dos controladores de vôo é assumir a ineficiência das pessoas e a precariedade dos aparelhos responsáveis pelo tráfego aéreo nos céus do Brasil, o que, convenhamos, não é de interesse de ninguém no governo federal. Muito mais fácil é jogar a bomba no colo de dois jovens pilotos americanos que deram o imenso azar de estarem no lugar errado, na hora errada, no país errado.

Share

2 Comments:

At 17/12/06 10:24, Anonymous acacio alves pinto said...

Olá Otacílio.
Gostei da sua postagem: objetiva, verdadeira e definitiva. Infelizmente, estamos num "país surrealista", como costuma dizer o mestre Hélio Fernandes. É um lugar, hoje, em que prevalece o "status" e a publicidade. Doa em quem doer. Continúi a vigiar, Otacílio. Precisamos de gente como voce.
Abração.

 
At 17/12/06 15:52, Anonymous Otacílio said...

Obrigado, Grande Mestre! Infelizmente, como dizia o célebre escritor persa (século XII)Mohammad al-Samarkandi Zahiri, nada é tão ruim que não possa piorar.
Outro abração.

 

Postar um comentário

<< Home