Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Resende se prepara para enfrentar o Botafogo


O técnico Roy orienta os jogadores no campo da Portuguesa

Do Globo Esporte

Depois da histórica vitória por 3 a 1 sobre o Flamengo na semifinal do último sábado, o Resende está treinando de acordo com as características do Botafogo, adversário da decisão da Taça Guanabara. O time alvinegro venceu o Fluminense na quarta-feira e também garantiu vaga na final.

Nos treinos de ontem e de hoje, no campo da Portuguesa, na Ilha do Governador, jogadores e o técnico Antônio Carlos Roy trabalharam muito a marcação e a saída rápida em contra-ataques.

- O Botafogo é uma equipe muito bem armada pelo Ney (Franco). Taticamente e pela maneira de jogar é uma equipe até bem parecida com o Resende, com marcação muito forte. Vai ser uma parada muito difícil. Temos que marcar forte, mas também agredir o Botafogo. Não podemos ficar apenas nos defendendo - explicou o treinador.

Roy orienta os jogadores do Resende Roy está atento às jogadas de bola parada do Botafogo. Como a que garantiu o gol da vitória sobre o Fluminense: cruzamento de Maicosuel, e finalização de Fahel. Dessa maneira, o volante marcou outros dois gols contra o Friburguense.

- Nas bolas paradas, precisamos ter muita atenção com o Fahel, que tem desequilibrado nesse tipo de lance. Além disso, se a bola não chegar no Maicosuel, temos grandes chances de ganhar o jogo - destacou o técnico, dando a entender que pretende colocar um marcador em cima do armador botafoguense.

O goleiro Cléber tem a mesma opinião do técnico.

- O ataque deles é muito veloz, com o Reinaldo e Victor Simões. Mas temos que ter muita atenção com o Maicosuel porque é ele que municia o ataque.

Além de estar atento ao ataque do Alvinegro, o camisa 1 do Resende está se preparando para evitar as bombas do zagueiro Juninho.

- Estamos nos preparando para este tipo de jogada. Não só o Juninho, mas o próprio Maicosuel também tem um ótimo aproveitamento em jogadas de bola parada - disse o goleiro.

Botafogo tem derrota do Flamengo como exemplo

Mesmo pela televisão, o Botafogo pôde observar atentamente o desempenho do Flamengo na semifinal da Taça Guanabara, quando perdeu por 3 a 1 para o Resende. Por isso, a equipe alvinegra garante que entrará em campo para a decisão deste domingo tendo em mente a lição deixada pelo rival.

- O exemplo que ficou do jogo do Flamengo é que será preciso marcar muito, pois o Resende requer atenção em dobro. É uma equipe rápida e muito forte nos contra-ataques - avaliou Reinaldo.

O atacante também destacou a importância de o Botafogo anular o meia Leo, articulador das jogadas de ataque do Resende.

- Será preciso muita atenção com o Leo. Todas as jogadas do Resende passam pelos pés dele.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home