Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Chile transforma descaso em triunfo

Antes de mais nada, é preciso lembrar que a prisão dos mineiros na mina não foi fruto do acaso, de um acidente geológico (como são os terremotos) e, muito menos, de uma fatalidade.

Foi, sim, obra do descaso das autoridades chilenas com a segurança dos milhares de trabalhadores que passam boa parte de suas vidas retirando das minas o cobre que é responsável por 40% da riqueza do país.

Se em cada mina de cobre chilena houvesse um eficiente sistema de resgate preventivo (saídas de emergência, ventilação adequada com controle de temperatura, estoque de medicamentos, água potável e alimentos não perecíveis, etc, etc), situações como esta jamais aconteceriam.

Os mineiros que estão sendo resgatados agora da mina San José reclamaram recentemente da falta de segurança no local, onde já ocorreram 80 acidentes desde que foi aberta, em 2007, matando 16 trabalhadores. Nada foi feito. Agora, depois da quase tragédia, o demagogo presidente Sebastian Piñera posa de herói da pátria ao som do hino nacional e de gritos de Viva Chile!

Por que não direcionar todo esse ufanismo para realizar obras concretas de prevenção de acidentes nas minas chilenas? Por que não evitar a morte de mais trabalhadores nessa atividade tão perigosa quanto lucrativa para o país? Só nesta década, 400 homens já morreram em acidentes nas minas de ouro e cobre chilenas.

Não havia uma única saída de emergência na mina de San José. Mas o governo chileno aproveita a sorte que os mineiros tiveram para explorar a mensagem equivocada de que no Chile nada é mais importante do que a vida de um trabalhador. E o pior é que muitos vão acreditar nessa história.

Otacílio Rodrigues, no Resende Afora.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home