Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sexta-feira, 4 de março de 2011

Brasil fora do mapa da Apple


Da IstoÉ Dinheiro

Anteontem (quarta-feira, 2), o empresário americano Steve Jobs subiu ao palco do Yerba Buena Center, em São Francisco, nos EUA, para apresentar o novo lançamento da Apple.

Apesar de estar afastado do trabalho por licença médica, Jobs não quis perder a oportunidade de, assim como faz todos os anos, ser o responsável por mostrar um novo produto de sua companhia.

Nesse caso, a estrela da vez foi o iPad 2, que estará disponível nas lojas dos EUA no dia 11 e, em outros 26 mercados, no dia 25 deste mês. O Brasil, mais uma vez, não está incluído entre os países que receberão um novo produto da Apple. Todos sabem que o primeiro iPhone, criado em 2007, nunca foi lançado aqui.

Já os modelos 3G e 3GS levaram dois meses para desembarcar no Brasil, e o iPhone 4, três meses. O iPad, o mais aguardado lançamento de 2010, demorou oito meses. o país foi um dos últimos da fila a receber o tablet da Apple.

Aparentemente, o principal motivo que leva a Apple a descartar uma atuação mais expressiva no País é a alta carga de impostos. Steve Jobs até já teria usado esse argumento para recusar, no ano passado, um convite da Secretaria do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro para abrir uma loja da Apple na cidade.

"Não podemos nem exportar nossos produtos direito em razão da política maluca de taxação superalta do Brasil”, teria afirmado Jobs na ocasião, de acordo com o jornal O Globo. "Isso faz com que seja pouco atraente investir no País."

Matéria editada e publicada no Resende Afora.

Share

1 Comments:

At 9/3/11 22:26, Blogger Godrius said...

ainda não descobri uma utilidade pro iPad que justifique o alto investimento.

 

Postar um comentário

<< Home