Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Um novo nome para a avenida Nova Resende


Para acessar a matéria sobre a possível troca de nome da avenida Nova Resende - que passaria, segundo proposta encaminhada ao prefeito José Rechuan - a se chamar Avenida Elias Atta -, clique aqui.

Publicado no Resende Afora.

Share

3 Comments:

At 5/5/11 21:01, Anonymous Anônimo said...

Merecida homenagem a este ilustre e digno Senhor que não merece ser ignorado.
Muitos passam pela vida e nada fazem, nada criam e na esteira do tempo coisa nenhuma atesta que por aquí passaram. Poucos, bem poucos pela vida passam e como estrelas, brilham, deixando em nossos corações,saudades, amores e poesias.
O nosso preito de gratidão ao Sr Elias Atta que de forma magnifica fez de Resende a fonte inspiradora de seus lindos poemas e de modo visceral o testemunho confesso do amor que nutria pela Cidade.
O nosso preito de gratidão a este poeta que soube, só e sómente como os poetas sabem, fazer sair de dentro de sua alma, a sinfonia-orgásmica-poética e sublime da paixão que sentia pela Cidade que o viu nascer.
Se Êle amou Resende em sua beleza e grandeza, por que não lhe dedicar apenas um pedacinho de sua Amada para quando por alí passarmos, dizermos baixinho: "Dorme Poeta, jamais serás esquecido"
Um Cidadão Resendense

 
At 8/5/11 10:35, Anonymous Carlos Magno Goulart Fernandes said...

Será uma homenagem perfeita. Foi ali naquele local, que muitas vezes na juventude o Sr. Elias descia para praticar natação no Rio Paraíba. Um cidadão de uma cordialidade e uma educação do tamanho de seu amor por Resende. Um poeta que traduzia o sentimento da cidade com o olhar da montanha, desaguando a liberdade na ribeira reflexão das águas tranquilas do nosso rio.

 
At 8/5/11 15:37, Anonymous Carla Troina said...

Sr. Elias foi um poeta apixonado por Resende, merece esta bela homenagem. No meu trabalho de conclusão de curso de jornalismo, meu tema foi "O Jornal de Resende" do Sr. Arizio Maciel que na época me disse não ter mais nenhum exemplar do jornal. Foi o Sr. Elias, colaborador do periódico, com suas belas poesias muitas vezes na primeira página, que me deu vários exemplares para minha pesquisa. E hoje, ao saber da possibilidade dessa homenagem, fui até os velhos jornais e o primeiro que peguei foi, acho que não por acaso pois hoje é dia das mães, o que trazia na capa os seguintes versos "Ó tarde silenciosa, debruçada na dourada janela do poente.../ Por que sua meiga face de criança me lembra minha mãe querida...? /Lembra, ó tarde, minha mãe tão mansa, tão triste, tão calada,/ Entre flores do jardim, sem dar adeus na hora da partida...?/ Ó tarde meiga, quebra o silêncio: responde... responde!"
Que Resende responda ao poeta com esse reconhecimento não só como cidadão, mas como poeta que tinha como musa nossa Resende!
- Os versos foram tirados da Edição nº 494 - Semana de 2 a 8 de maio de 1988.Jornal de Resende

 

Postar um comentário

<< Home