Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

A história se repete


Texto de Otacílio Rodrigues

Na última sexta-feira (dia 5), ao abordar um táxi londrino onde viajava Mark Duggan, policiais ingleses atiraram e mataram o jovem negro de 29 anos.

No dia 22 de julho de 2005, ao invadir um vagão de trem do metrô londrino onde estava Jean Charles, policiais ingleses atiraram e mataram o jovem brasileiro de 27 anos.

Segundo a polícia londrina, Mark Duggan estava sendo investigado por fazer parte de uma gangue de traficantes de drogas e que foi morto porque atirou nos policiais no momento da abordagem.

Segundo a polícia londrina, Jean Charles estava sendo investigado por fazer parte de um grupo terrorista e que foi morto porque carregava explosivos por baixo de um pesado casaco e teria corrido dos policiais ao entrar na estação do metrô.

Testes de balística provaram que o tiro que atingiu o rádio de um dos policiais não foi disparado por Mark Duggan e sim pela própria polícia.

No caso Jean Charles, foi comprovado que - além de não estar armado e de não ter corrido dos policiais, também não portava bombas debaixo do tal casaco - na verdade, o brasileiro vestia uma simples jaqueta jeans quando foi morto.

A morte de Jean Charles revoltou os brasileiros (daqui e e de lá), que exigiram - sem sucesso - a punição dos culpados.

A morte de Mark Duggan provocou violentas manifestações - que já duram quatro dias - de grupos de jovens inconformados com a falta de oportunidades, com a perseguição policial e, principalmente, com a discriminação racial na Grã-Bretanha.

Publicado no Resende Afora.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home