Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Sérgio Cabral e Eduardo Paes: Quando calar. Quando gritar

Do Blog do Noblat

Acreditem: o governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes celebraram, ontem, o anúncio das cidades-sedes dos jogos da Copa do Mundo de 2014.

O Brasil só jogará uma vez no Maracanã reformado - mesmo assim se chegar à final. Do contrário, tchau e benção.

Em Fortaleza, Brasília e Belo Horizonte poderá jogar até duas vezes.

É verdade que haverá sete jogos da Copa no Rio. Mas em Brasília também.

O prefeito acha que o Rio já foi beneficiado com a escolha para abrigar o Centro de Mídia, a sede temporária da Fifa e o sorteio preliminar dos jogos.

Perguntem ao carioca se ele não trocaria tudo isso - e muito mais - por um único jogo ao vivo da Seleção.

O Maracanã ficará fechado durante três anos. Quando reabrir terá encolhido. Abrigará menos gente - 76 mil. Pouco terá a ver com o Maracanã que conhecemos. Esse está sendo demolido.

Cabral e Paes poderiam ter ficado calado. Seria menos feio.

Quanto à perda de receita da exploração do petróleo, poderiam gritar muito mais.

Publicado no Resende Afora.

Share

1 Comments:

At 24/10/11 14:18, Anonymous Anônimo said...

Cabral é um excelente governador, e não a meu ver, a reforma do Maracana será muito boa, pois aumenta o número de visitantes a nossa cidade e aumenta nossa economia.

 

Postar um comentário

<< Home