Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

terça-feira, 8 de maio de 2012

Ninguém fala em recessão

Do Ex-Blog do Cesar Maia (via email)

No primeiro ano do governo Dilma, oito ministros caíram, no mínimo por suspeição. Para a escolha do novo ministro do trabalho, o anterior - demitido por suspeição - foi chamado pela presidente para consulta. O Congresso está imobilizado e sem rumo há um ano e quatro meses. A ampla maioria de Dilma não serve para nada, fora liberar emendas e aprovar o que deseja. 
        
O escândalo Cachoeira-Delta ocorre nas vísceras do governo, com um crescimento exponencial das obras da Delta no PAC, cuja "mãe" e controladora era a super-ministra Dilma. Agora ela é mãe e pai e a Delta prosseguiu em 2011 surfando. Aliás, ano das fitas dos grampos. O ministro dos transportes foi demitido e agora o grampo diz que foi um jogo arquitetado pelo Cachoeira.
        
Na Europa e nos EUA se diz que um país está em recessão quando por três meses seguidos se repete essa situação. O Brasil está em recessão há seis meses e nos primeiros quatro meses de 2012 o crescimento do PIB ficou quase a 0%. E não há uma matéria, uma manchete dizendo: Brasil em recessão. Na Europa, casos  de crescimento até maior, levam a manchetes de recessão. 
        
Fala-se de tudo: juros, poupança, desindustrialização, resultado fiscal..., tudo, mas a palavra certa - recessão - não entra no discurso da oposição, nem nos artigos e colunas e nas matérias da imprensa.

Editado e publicado no Resende Afora.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home