Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Ao maestro, com carinho



Tom completaria 80 anos ontem
(Foto de Ana Lontra Jobim)

Fotografia

Eu, você, nós dois
Aqui neste terraço à beira-mar
O sol já vai caindo e o seu olhar
Parece acompanhar a cor do mar
Você tem que ir embora
A tarde cai
Em cores se desfaz,
Escureceu
O sol caiu no mar
E aquela luz
Lá em baixo se acendeu...
Você e eu

Eu, você, nós dois
Sozinhos neste bar à meia-luz
E uma grande lua saiu do mar
Parece que este bar já vai fechar
E há sempre uma canção
Para contar
Aquela velha história
De um desejo
Que todas as canções
Têm pra contar
E veio aquele beijo
Aquele beijo

Share

2 Comments:

At 26/1/07 10:54, Anonymous acacio alves pinto said...

Oi, Otacilio.
Pois é, Tom Jobim, pois é! É uma pena que Pessoas como o Tom sempre parecem ir mais cedo. Acho que Deus, na Sua sabedoria, quer levar esse pessoal (Vinícius, inclusive) para perto dele, novamente. Enquanto isso fica prá nós o que se vê por aí... Fazer o quê?
Abração.

 
At 26/1/07 11:16, Anonymous Otacílio said...

Pois é, Grande Mestre... Enquanto Tom Jobim viveu apenas 67 anos, Pinochet nos deu o desprazer de sabê-lo vivo (e impune) até os 91. É pau, é pedra, é o fim do caminho...
Outro abração.

 

Postar um comentário

<< Home