Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

segunda-feira, 11 de julho de 2011

'Carroças' brasileiras não ficarão mais baratas


Foto Folhapress

Jorge Meditsch, no UOL Carros

Ninguém discorda que, no presente, o Brasil é um dos países mais caros no mundo para se viver. A carga de impostos e a infraestrutura oferecida em troca chegam a lembrar o tempo do Brasil colônia, quando a maioria da arrecadação ia para Lisboa e, por aqui, faltavam estradas, segurança, saneamento e educação.

Quem viaja para os Estados Unidos e Europa deveria dar um tempo nas suas visitas aos shopping centers para dar uma olhada nos supermercados - neles, vai descobrir que pão, leite e outros alimentos básicos são mais baratos por lá do que aqui. Não é só o Big Mac.

O barato que é caro

Além de pagar caro, nós, brasileiros, estamos condenados, pelo menos por algum tempo, a comprar veículos já superados tecnicamente.

Nossos carros são menos confortáveis, consomem e poluem mais e são muito menos seguros do que os lançados no exterior nos últimos cinco ou dez anos.

A razão é que os grandes grupos internacionais têm políticas globais e o Brasil foi escolhido para ser um grande fabricante de carros baratos, para serem vendidos por aqui mesmo ou para países de baixa renda.

Para ler a matéria completa, entre aqui.

Editado e publicado no Resende Afora.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home