RA completa 13 anos no AR

sexta-feira, 8 de julho de 2011

À espera de uma passarela





Fotos feitas ontem entre 16:55 e 17:00

Publicado no Resende Afora.

Share

19 Comments:

At 8/7/11 16:18, Anonymous Joaquim said...

Otacilio, este quebra-molas ficou horrivel, preciso passar pelo menos 6 vezes por ele, pois moro nos bairros que perderam o retorno por causa do Shopping e isso ficou horrivel...
Uma avenida grande, bonita e que vc podia andar literalmente tranquilo, agr têm um quebra-molas no meio do caminho... sem falar que é uma pancada no eixo do carro né, pq num fazem pelo menos uma rampa mais extensa...

 
At 8/7/11 16:23, Anonymous Anônimo said...

Diz o parágrafo único do artigo 94 da resolução 39/98 do Contran: "É PROIBIDA a utilização de ondulações transversais e de sonorizadores como redutores de velocidade, salvo em casos ESPECIAIS definidos pelo órgão ou pela entidade competente, nos padrões e critérios estabelecidos pelo Contran".

Art. 1º A implantação de ondulações transversais e sonorizadores nas vias públicas dependerá de autorização expressa da autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via, podendo ser colocadas após estudo de OUTRAS ALTERNATIVAS de engenharia de tráfego, quando estas possibilidades se mostrarem ineficazes para a redução de velocidade e acidentes.


Art. 2º As ondulações transversais devem ser utilizadas em locais onde se pretenda reduzir a velocidade do veículo, de forma IMPERATIVA, principalmente naqueles onde há GRANDE movimentação de pedestres.

Conclusões:
Só é permitido em casos especiais, e não em todos o lugares, comum em Resende. Antes deve ser estudado outra alternativa, como: placas chamativas com limite de velocidade, sinal com botoeira, guarda no horário de pico, placa alertando presença de pedestres. Na minha querida Resende o quebra-molas vem antes disso tudo. Deve ser implantado em local com grande movimentação de pedestres, mas em Resende é cheio deles em ruas ermas, locais onde nem há travessia de pedestres, e para redução de acidentes, e não onde nunca houve acidentes. E a maioria com medidas que ferem a resolução 39(10cm/8cm de altura por 3,7m/1,5m de largura). Lembro que quebra-molas atrasam bombeiros e ambulâncias.

Grande Otacílio, se puder faça um post mostrando vários quebra-molas de Resende, fora da medida e em locais ermos, que ferem a resolução

Grato, Aurélio.

 
At 8/7/11 18:59, Anonymous Weber said...

Concordo com tudo o que escreveu o Aurélio. Pelo que eu saiba, só são permitidos quebra-molas em frente a hospitais e escolas. Fico imaginando o Rio de Janeiro com quebra-molas na Rio Branco, na Presidente Vargas, Na Av. Atlântica, na Av. das Américas e em outras 99% vias da cidade.
Realmente é uma vergonha isto.

 
At 8/7/11 19:26, Blogger Celso Dutra said...

AUMENTAM CONDIÇÕES DE SEGURANÇA PARA PEDESTRES NA ENTRADA DA CIDADE

Por determinação do prefeito José Rechuan, a Secretaria Municipal de Obras realizou esta semana a instalação de um redutor de velocidade na Avenida Dorival Marcondes Godoy, na entrada da cidade, próximo ao Shopping Pátio Mix.

A medida teve como objetivo aumentar as condições de segurança dos pedestres que passam pela avenida, que acaba de ser duplicada pela Prefeitura, por meio de uma parceria com o Governo do Estado.

PASSARELA
Além da instalação do redutor de velocidade, a Prefeitura concluiu também ontem a pintura de faixas de sinalização no local. De acordo com o secretário municipal de Obras, engenheiro Rubens Almada, a Prefeitura planeja ainda a construção de uma passagem destinada aos pedestres sob os viadutos da linha férrea e a instalação de uma passarela sobre a avenida.

 
At 8/7/11 19:28, Blogger Celso Dutra said...

Weber,

Vergonha mesmo é alguém morrer atropelado por conta de alguma omissão.

É melhor o redutor de velocidade do que uma tragédia.

 
At 8/7/11 21:24, Anonymous Anônimo said...

Não vejo problema algum com a instalação daquele quebra molas. Dá para passar com uma velocidade razoável por eles. Acho, muito pior do que isso, na questão de lentidão no trânsito, aqueles motoristas que andam passeando sempre nas faixas da esquerda e em alguns sinais de trânsito como em frente a APMIR onde podem parar em duas filas no sinal e os lesmas param exatamente no meio da pista. Isso é muito pior.
Rafael

 
At 9/7/11 04:29, Anonymous Weber said...

Celso,

Ali caberia mais uma passarela. Vejo aquele quebra-mola como uma medida paliativa. Outra alternativa seria um semáforo com botoeira.
O que não acho certo é o excesso desse tipo de "solução" espalhada por toda a cidade.
Sim, sou a favor da segurança viária, e como. Achou louvável o trabalho realizado pela Divisão de Educação no Trânsito da prefeitura, que é reconhecido até pelo ONG GRSP. Mas quebra-molas... Há que se abrir os horizontes.

 
At 9/7/11 19:55, Blogger Celso Dutra said...

Repetindo...

'a Prefeitura planeja ainda a construção de uma passagem destinada aos pedestres sob os viadutos da linha férrea e a instalação de uma PASSARELA sobre a avenida."

 
At 10/7/11 06:21, Anonymous Weber said...

Gostaria que fosse:

'a Prefeitura CONSTRUIRÁ uma passagem destinada aos pedestres sob os viadutos da linha férrea e a instalação de uma PASSARELA sobre a avenida."

De promessas o inferno está cheio, ainda mais quando vem da esfera política.

 
At 10/7/11 14:20, Anonymous Anônimo said...

Por que a prefeitura não optou por uma lombada eletrônica?
Resende tem um quebra-mola a cada 50 metros. Será que só existe essa solução para mudar o comportamento de motoristas e pedestres? Faça-me o favor...

 
At 10/7/11 19:05, Blogger Celso Dutra said...

Se não tem uma entrada decente, o pessoal reclama; se constrói dois novos viadutos e alargam a ponte, alguns reclamam; se fazem novas pistas,canteiros e nova iluminação...lá vem mais reclamação; se colocam faixa de pedestre, lá vem tomatada....

É impossível agradar a todos, pois cada pessoa vê o mundo de uma maneira diferente. A vida é assim mesmo, agrada a uns e desagrada a outros…e bola pra frente.

 
At 10/7/11 20:24, Anonymous Jorge Luís said...

Faixa de pedestre sim, mas com lombada não.

 
At 10/7/11 21:52, Blogger Edinho said...

Esse quebra-molas é o retrato de toda a administração Rechuan em Resende, obras feias, acabamento cafona e já ultrapassado, além de cores ridículas que nada tem haver com nossa cultura ou com as cores da cidade. Parece não ter profissionais para fazer os projetos, onde já se viu construir um quebra-molas na avenida mais movimentada da cidade, que é o principal gargalo do transito, além de diminuir a largura das pistas e colocar pontos de ônibus fora da própria faixa, para atender interesses privados, ou seja a prefeitura não é para atender aos interesses públicos? Quem tem interesse naquela entrada de cidade horrorosa, com quebra-molas e faixa mal dispostos além de pontos de ônibus colocados de forma a aumentar o transtorno e por consequência o risco do transito?

 
At 10/7/11 21:56, Blogger Edinho said...

Vergonha Celso Dutra é tentar justificar o injustificável, pois aquela obra da entrada da cidade atende a interesses privados e não públicos, vergonha, é exatamente o retrato dessa administração, que a todo momento para não gastar dinheiro para usar a maquina nas eleições, descumpre uma lei, temos leis para regulamentar as construções e a pintura das obras publicas e isso não esta sendo respeitado, temos leis de transito que além de não serem respeitadas criam situações de risco tanto para pedestres quanto para motoristas, pois ali com ou sem quebra molas e faixa vai morrer gente é uma questão de tempo, se nada for feito, e em caso de morte acho que o prefeito e quem projetou aquela coisa horrível deveriam responder.

 
At 10/7/11 21:59, Blogger Edinho said...

OBS Celso, não é agradar a todos, se olhar com cuidado não agradou ninguém, além dos empresários interessados e os puxa saco do prefeito!

Mas é bom saber que a prefeitura pensa assim, que a ideologia para as obras é de não agradar e dar essa desculpa esfarrapada para justificar cagadas, vou certamente lembrar disso em épocas apropriadas.

 
At 11/7/11 08:37, Anonymous Anônimo said...

Caro, CELSO DUTRA, a questão é que não está sendo cumprida a LEI, é um ABSURDO uma prefeitura e a câmara, desconhecerem a RESOLUÇÃO 39 CONTRAN/DENATRAN, e sairem plantando quebra-molas a torto e a direito, só porque a LEIGA população pede. E o que é pior, fazem totalmente fora das medidas. Veja o caso da av. JK, quase não há pedestres, do outro lado da via não há somente um muro, nada que justifique travessia, e é CHEIO de quebra-molas. Do SPANI até a CIAC tem seis quebra-molas, num local de travessia proibida, considerável é apenas 1 na frente da passarela. Da entrada da Cidade Alegria até o Acesso Oeste, são VINTE, em apenas 3KM, de AVENIDAS COLETORAS. Caro, Celso Dutra, a administração atual, é ÓTIMA/EXELENTE, está mudando a cara de Resende, discordo totalmente do EDINHO. A duplicação ficou EXCELENTE, mas parem com quebra-molas, CUMPRAM A LEI. Quanto mais quebra-molas, mais os pedestres se tornarão incautos. A prefeitura não deve chamar para si um problema que não é dela, desrespeito as faixas e a velocidade é problema de POLICIA, a prefeitura cabe apenas sinalizar E BEM.

 
At 11/7/11 09:07, Anonymous Weber said...

Concordo inteiramente com o exposto acima.
Realmente a cidade está pasando por um período de mudanças positivas e só cego não consegue enxergar.
A minha única bronca diz respeito a essa quantidade injustificável de quebra-molas pela cidade.
Em frente a escolas ou a hospitais, OK. No estradão que vai para o Surubi, onde não existe calçada para as pessoas caminharem, OK. Mas em outros 90% dos lugares...

 
At 15/7/11 22:01, Blogger Celso Dutra said...

A questão dos quebra-molas é complexa. A despeito da legislação existe uma questão central: a falta de respeito e de bom senso dos motoristas.

Eu daria a sugestão de retirarmos grande parte dos quebra-molas e instalar 'lombadas eletrônicas"...ultrapassou o limite de velocidade...MULTA...sem conversa.

 
At 16/7/11 15:21, Anonymous Weber said...

Agora sim, Celso. Lombada eletrônica e multa para quem exceder o limite de velocidade. Tem o meu apoio.

 

Postar um comentário

<< Home