Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

A faxineira da Dilma chama-se Imprensa

Quatro ministros caíram por denúncias da imprensa. Não fosse a Folha, o Estadão, a Veja e O Globo (entre outros), todos ainda estariam ocupando os seus postos.

O último exemplo - Pedro Novais -, resistiu mais de quatro meses às acusações de irregularidades no ministério do Turismo e não foi demitido pela Dilma. Encurralado pela imprensa, pediu demissão, assim como todos os outros.

No final, depois que os repórteres apuram fatos, conseguem provas documentais das falcatruas e as publicam nos seus jornais e revistas, vem a imprensa chapa branca e atribui à "presidenta faxineira" os méritos pela "limpeza".

O dia em que a Dilma surpreender a todos com uma demissão não anunciada, eu passarei a respeitá-la. Enquanto isso não acontece, continuo respeitando a (boa) imprensa, que é, de fato, a responsável pela faxina na Esplanada dos Ministérios.

Publicado no Resende Afora.

Marcadores:

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home