Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

sábado, 12 de setembro de 2009

Briatore joga mais lama na pista


Da Folha Online

Um dia após o depoimento de Nelsinho Piquet à FIA se tornar público, Flavio Briatore, seu ex-chefe na Renault e ex-manager, contra-atacou.

Além de entrar com um processo na Justiça francesa por calúnia e chantagem, o dirigente italiano se pronunciou pela primeira vez sobre o caso em que seu time é acusado de ter pedido ao brasileiro para bater o carro de propósito durante o GP de Cingapura de 2008 e favorecer seu companheiro, o espanhol Fernando Alonso.

As acusações de Briatore, porém, não ficaram somente na esfera esportiva. O dirigente fez também insinuações sobre a vida pessoal de Nelsinho.

"A única coisa que tenho contra ele é o fato de ele não ter mostrado resultados. Eu sempre tentei ajudar o Nelsinho, mas a verdade é que ele é um filhinho de papai, um menino mimado, que sempre teve seu próprio time, sempre teve o pai lhe dando os melhores carros e quando ele finalmente chegou numa competição de verdade (a F-1), perdeu a cabeça."

Ao ser questionado se esperava que seu ex-comandado fosse capaz de fazer uma acusação tão grave como a de planejar um acidente para que o outro piloto do time pudesse ser beneficiado, Briatore disparou.

"Nelsinho me acusa de ter rompido seu relacionamento com um amigo. Como não gosto de ser acusado de nada, digo que fiz isso porque o pai dele me pediu", falou. "Ele vivia com este senhor, não se sabe que tipo de relação eles tinham, mas o pai estava muito preocupado com este relacionamento dele com esse cara de 50 anos e pediu que eu interviesse", completou Briatore para seguir.

"Proibi que este senhor viesse às corridas e mudei o Nelsinho de Oxford para Londres. Coloquei ele no prédio em que eu moro para ter ele sob controle. E agora Nelsinho me acusa de ter levado seus amigos."

O homem a quem o italiano se refere é Marc Cavezzale, antigo amigo da família Piquet e um dos patrocinadores de Nelsinho quando ele estava na F-3, que ofereceu a casa em Oxford para ajudar o piloto brasileiro.

Não contente em atacar apenas o filho, Briatore também fez críticas a Nelson Piquet.

"Conheço muito melhor o pai do que o filho e sabemos que ele gosta de denegrir as pessoas. Ele sempre falou mal do (Ayrton) Senna, da mulher de Mansell e por aí vai", disparou.

Nos EUA para assistir a uma corrida da Nascar, Nelsinho disse que não poderia comentar as declarações do ex-patrão.

Matéria editada pelo RA.

Share

2 Comments:

At 12/9/09 17:15, Anonymous Anônimo said...

A velha história se repete: Lá como cá más fadas há!"
Também pudera, como dizem também: "Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és". Alguém nessa história deve ser a má companhia.
Abração,
Acácio.

 
At 13/9/09 12:02, Blogger Otacílio Rodrigues said...

É, Grande Mestre, nessa briga é difícil saber quem é o pior. O melhor mesmo é ficar o mais distante possível da lama que eles estão espalhando.
Grande abraço!

 

Postar um comentário

<< Home