Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Governo do Rio compra matéria em revista americana

Do Estadão

O governo fluminense comprou quatro páginas coloridas de matéria paga na edição de janeiro/fevereiro da Foreign Affairs, a mais prestigiada publicação sobre política internacional do mundo, para, segundo afirma, divulgar o Rio de Janeiro no exterior.

Em uma época de crise das economias centrais, onde faltam recursos e a estagnação econômica persiste, o Executivo fluminense foi para Nova York em busca de investimentos para o Estado.

Custeou, a preço que não revela, um seminário promovido com a grife da revista no Council on Foreign Relations (o Rio de Janeiro Investiment Conference), em 30 de novembro, e a divulgação da "reportagem" sobre o Rio.

O texto incluiu uma entrevista com o governador Sérgio Cabral Filho (PMDB), ilustrada com duas fotos dele, na qual o político elogia fortemente a sua própria administração. A entrevista ocupa quase três páginas da publicação.

Procurado pelo Estado, o governo do Rio recusou-se a revelar quanto gastou com a revista. O Palácio Guanabara informou já ter promovido eventos com publicação de material no exterior em outras ocasiões - uma delas, no diário americano The Washington Post.

O objetivo da publicação na Foreign Affairs, segundo o Executivo, é a divulgação internacional do Estado, dentro de uma estratégia de marketing e publicidade mais ampla.

A Assessoria de Comunicação Social alegou não saber quanto custou a publicação nem poder levantar esse dado, porque o negócio foi fechado por meio de agência e por não poder revelar o preço da tabela de anúncios de publicações, por uma "questão publicitária de mercado".

Pitaco do RA: A revista científica Foreign Affairs (Relações Exteriores) foi fundada nos Estados Unidos em 1921 por acadêmicos de renomadas universidades americanas. Desde então, vem publicando artigos e ensaios sobre assuntos (principalmente conflitos) internacionais. No último número da revista (janeiro/fevereiro), a matéria paga do Governo do Rio de Janeiro aparece deslocada em meio a temas políticos de interesse prioritariamente americanos, como revelam os títulos "Al-Qaeda no Irã", "Hora de atacar o Irã", "Falando duro com o Paquistão", "A derrocada do Euro" e "O futuro do Yuan".

Matéria editada e publicada no Resende Afora.

Share

0 Comments:

Postar um comentário

<< Home